O que são “porteiros sociais”?

Todos temos um papel na prevenção do suicídio. Professores, polícias, assistentes sociais, padres, cabeleireiros, funcionários da restauração, ou outras pessoas que, no dia-a-dia das suas atividades profissionais podem estar em contacto direto com pessoas em risco de suicídio, podem identificá-las e ser uma ponte para o encaminhamento e tratamento nos serviços de saúde.

Chamamos a estas pessoas porteiros sociais, porque podem abrir a porta à ajuda de que a pessoa em risco precisa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Mais recursos

Mitos sobre o suicídio

Falsas informações podem impedir as pessoas de procurar a ajuda colocando-se potencialmente em risco. Desmistificá-las contribui para uma sociedade mais informada.

Ler mais