Rede de Parceiros

O QUE É A REDE DE PARCEIROS?

A Rede de Parceiros é formada por todas as entidades que proponham a realização de iniciativas de prevenção do suicídio dirigidas aos seus profissionais, sócios, beneficiários e utentes ao longo do ano e às comunidades em que estão inseridas no Mês da Prevenção do Suicídio.

A criação e dinamização de uma Rede de Parceiros é um dos eixos fundamentais da Campanha Nacional de Prevenção do Suicídio. Várias entidades de todo o país são convidadas a prevenir o suicídio junto das comunidades que servem, de acordo com as necessidades auscultadas e os recursos disponíveis em cada região.

O Programa Nacional para a Saúde Mental assume a liderança desta Rede e trabalha no sentido de garantir a coesão e homogeneidade dos projetos dos parceiros e a existência de uma mensagem unificada. Este modelo pretende também amplificar o alcance da campanha ao criar oportunidades de cooperação inter-regionais com vista ao desenvolvimento de iniciativas em regiões com menos recursos e recorrendo a uma estratégia de comunicação nacional.

Serviços Locais de Saúde Mental
Hospitais Psiquiátricos
Outros serviços e unidades do Serviço Nacional de Saúde
Outros prestadores de cuidados de saúde
Organizações sem fins lucrativos ligadas à Saúde Mental
Instituições de Ensino

Tipos de iniciativas

Os parceiros são convidados a desenvolver atividades de sensibilização e consciencialização, capacitação da população, de acordo com os objetivos específicos da sua organização. As atividades desenvolvidas durante o mês de setembro podem enquadrar-se no Mês da Prevenção do Suicídio (saiba mais aqui).

Alguns exemplos de atividades a desenvolver são:

Ações de consciencialização e sensibilização sobre saúde mental e prevenção do suicídio​
Ações de capacitação para porteiros sociais
Ações de capacitação para profissionais de saúde
Instalação de barreiras arquitetónicas no acesso a hotspots de suicídio
Linhas de apoio telefónico para pessoas em crise
Grupos de ajuda mútua
Colaborações com órgãos de comunicação social na elaboração de trabalhos jornalísticos sobre prevenção do suicídio, artigos de opinião
Organização de congressos, colóquios, simpósios e outros eventos para a comunidade, grupos vulneráveis e/ou profissionais

Submeta uma iniciativa à Campanha

Brevemente.