Estigma e suicídio

Mais recursos

Mitos sobre o suicídio

Falsas informações podem impedir as pessoas de procurar a ajuda colocando-se potencialmente em risco. Desmistificá-las contribui para uma sociedade mais informada.

Ler mais

Como elaborar notícias sobre suicídio?

Os media têm responsabilidade na disseminação correta de informação e na consciencialização para a problemática do suicídio e da saúde mental. Aqui são dadas as prinicpais indicações a seguir quando se dá uma notícia sobre suicídio.

Ler mais

Em algumas culturas, o suicídio é visto como vergonhoso, um pecado, sinal de fraqueza, um ato egoísta, uma forma de manipulação ou, pelo contrário, como um ato de honra. Estes estereótipos e preconceitos negativos:

  • Promovem o silêncio
  • Dificultam o pedido de ajuda por parte de quem precisa. 
  • Desvalorizam o sofrimento ou a seriedade da pessoa com pensamentos de suicídio
  • Tornam mais difícil reconhecer que alguém está em risco
  • Fazem com que as pessoas tenham menor predisposição para ajudar alguém
  • Dificultam o luto dos sobreviventes
  • Contribuem para uma menor sensibilidade dos governantes para este problema, resultando na subavaliação da sua dimensão real e no desinvestimento nas estratégias de prevenção e nos serviços de saúde mental.

É urgente contrariar estas tendências e apostar na sensibilização e desenvolvimento de competências de literacia em saúde mental e apostar em campanhas de prevenção do suicídio. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email